Lausanne – o que não perder na mais bela cidade da Suíça!

Lausanne foi fundada pelos Romanos à beira do lago no século I. Mais tarde, a população viria a descolar-se para as colinas onde estariam mais seguros.

Aqui fica atualmente a bonita e mágica Cidade Velha (Vieille Ville).

É uma das cidades mais bonitas da Suíça e um dos principais centros da cidade económica e cultural da Suíça Francófona.

Estivemos em Lausanne apenas três dias, que chegaram para que nos apaixonássemos por cada detalhe.

O que não pode perder nesta cidade que embeleza o norte do Lago de Genebra?

Estadia no Lausanne Palace
Um hotel memorável com um requinte sem igual, e ao qual pretendo voltar no futuro! Mas sobre essa experiência falo-vos mais aqui.

Tour Bel-Air e Salle Métropole
O edifício que confere à cidade um toque cosmopolita, e que tanto deu que falar na altura da sua construção!
O arquiteto Alphonse Laverrière quis dar um toque de Wall Street em Lausanne e então construiu em 1931 o primeiro arranha-céus da cidade, mas a população na altura insurgiu-se contra (e muito bem, na minha perspectiva) pois temia que este passasse a altura da catedral e pelo facto de wall street ser um dos epicentros do crash económico.

No entanto, hoje em dia é um dos principais cartões postais da cidade.

Eglise St-Laurent
A fachada é o único exemplar de arquitetura neoclássica da cidade.
Uma igreja protestante construída entre 1716-19 sobre as ruínas duma igreja muito antiga do século X.

Place de la Palud
Umas das mais bonitas praças da cidade, onde se localizam o Município de Lausanne de estilo renascentista, e a Fontaine de la Justice do século XVI.
Aqui é onde se sente pulsar a vida da cidade como se lhe pertencêssemos.
Todas as quartas e sábados há mercado de rua e uma vez por mês a praça enche-se de artesanato.

Vale um bom tempo passado aqui simplesmente a apreciar a vida!
Para lá da fonte tem uma modesta escadaria de madeira – Escaliers du Marché – que vai dar a outra escadaria que sobe até ao mais bonito ponto da cidade, a Cathédral Notre-Dame.

Cathédral Notre-Dame
Para mim foi o ex libris da visita a Lausanne. Admito que a sorte esteve do meu lado, como já é habitual! Decidimos subir até à Torre e durante os bons minutos que perdemos a subir, o clima lá fora mudou e começou a nevar, então, deparamo-nos com uma vista deslumbrante sobre uma cidade pintada de branco e uma sensação de que o tempo teria parado só para nós. Foi um dos mais belos momentos que já tive numa viagem.

Mas, voltando à Catedral:
Foi iniciada no século XII e concluída só no século seguinte.
É o edifício gótico mais imponente de todo o país.

Palais de Rumine
Edifício Neorrenascentista construído entre 1896-1906 foi outrora a universidade de Lausanne.
Hoje é apenas a biblioteca da universidade e mais cinco museus.
O Musée Cantonal des Beaux-Arts, o Museu de Arqueologia e História e os outros três estão dedicados à Geologia, à Numismática e à Zoologia.

Passear pela Rue du Bourg
Zona de casas antigas com joalharias, lojas de grife, bares e clubes de jazz.
Um dos locais mais alternativos e animados da cidade.

À volta de Lausanne

Saindo um pouco de Lausanne, em direção a Crissier, encontram o Hôtel de Ville com três estrelas Michelin.
Uma experiência imperdível para quem visita Lausanne.
Algo que infelizmente não tivemos oportunidade de fazer, daí termos que voltar urgentemente à cidade!

Olympic Museum
Aqui sente-se a história dos atletas da Grécia Antiga até aos jogos olímpicos da era moderna.
Não visitamos para podermos ter mais uma razão para voltar a Lausanne!

Admito que Lucerne mexeu mais comigo nesta primeira visita à Suíça. Mas Lausanne é sem a mais pequena dúvida um local a regressar, quero voltar ao Lausanne Palace, quero visitar o Hôtel de Ville em Crissier e quero regressar à Cathédral Notre Dame.

Para quem prepara uma viagem à Suíça, Lausanne é seguramente um local a não perder.

English Version

Fotos: Flavors & Senses

This entry was posted in Cidades and tagged , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Skomentuj

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*