Verona – Il Cenacolo

Na cidade imortalizada por Shakespeare (ou seria o conde de Oxford?) no seu Romeu e Julieta, Verona, surge um local que se coaduna com os encantos da cidade, o Il Cenacolo. Este espaço para a “última ceia” (como indica o seu nome) localiza-se bem perto da Piazza Bra  e da Ópera de Verona, pelo que se torna um local obrigatório na famosa época de ópera em Verona. De decoração clássica e ambiente requintado este restaurante apresenta um menu tradicional do norte de Itália, com especialidade para as pastas, os legumes grelhados e as carnes grelhadas.

A missão que se pensava quase impossível, obter mesa sem reserva, foi facilmente resolvida pelo serviço de sala, sendo o primeiro passo para uma agradável refeição.

Prosciutto de Parma e bruschetta

Anti Pasti, legumes grelhados ( beringela, courgete e alcachofra), tomate com manjericão, beringela à Parmegiana, Polenta com creme  de Pecorino, Mozzarella di bufala frito, piment0s assados, Prosciutto de Parma e bruschetta (15€ pp)
Dentro desta entrada que poderia muito bem ser uma entrada completa, o destaque foi para o queijo mozzarella frito, de excelente textura e sabor, a demonstrar dotes na fritura, também os legumes grelhados estavam no ponto e o “presunto” cortado na perfeição italiana era de elevada qualidade. Uma excelente entrada, servida a 3 tempos que não apresentou pontos negativos.

Tortelini de carne, molho de manteiga e salva (9€)
Massa bem al dente, com um saboroso recheio de carne. O prato tornou-se numa maravilhosa surpresa, apesar de simples, a tradicional combinação de manteiga e salva para saltear massa foi executada na perfeição, sem queimar a manteiga e a saber melhor do que o mal que faz.

Risotto de cogumelos Porcini, aroma de trufa (10€)
Se tivesse de fazer um ranking de Risottos este seria certamente líder. O caldo de cogumelos que lhe deu origem, juntamente com uma técnica eximia, deixaram-me completamente rendido, não importa que houvesse pouca quantidade de cogumelos ou que a trufa não passasse de azeite, o importante é que passou a traçar a fasquia para todos os meus risottos de cogumelos.

Tiramisù (5€)
Bem, aqui chegamos a um ponto estranho, estranho porque eu não gosto de tiramisù, ou melhor por que o meu ódio de estimação é o café. Sendo este a base da sobremesa é normal eu dizer que não gosto de tiramisù, o que seria certo até ter provado este. As texturas eram algo diferentes do vulgar tiramisù, o creme de mascarpone era delicioso e o café, esse só se fazia sentir no fim de boca e muito ligeiramente, perdendo para o bom cacau e o maravilho creme. Já referi que o creme era fantástico?

Panna Cotta, morangos e coulis de morango (5€)
De textura irrepreensível esta Panna Cotta, não desiludiu, mantendo-se na linha de toda a refeição.

Acompanhamos a refeição com óptimo Valpolicella Clássico Superior de 2009.

O serviço é de excelente qualidade, com um chefe que parecia saído de uma banda desenhada de Hergé a dispensar a atenção necessária aos comensais. Todo o serviço correu na perfeição, mesmo chegando sem reserva a um restaurante lotado. O atendimento era rápido e eficaz, o que não será fácil quando metade dos clientes são estrangeiros.

Considerações Finais
O Il Cenacolo coloca-se entre as opções gastronómicas mais interessantes da cidade e vale bem a visita.  O serviço de sala é de excelente qualidade acompanhando assim uma cozinha tradicional de excelência onde se destacam as pastas e as carnes grelhadas. Esta casa de decoração clássica e elegante vale bem uma visita.

 Il Cenacolo
Via Teatro Filarmonico, 10 37121 Verona VR, Itália
0039 045 592 288

This entry was posted in Restaurantes - Itália and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Skomentuj

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*