Viareggio – Da Pino

Aberto em 1979, pela mão de Pino, um chef nascido na Sardenha, e da sua mulher, Patrizia, o restaurante “do” Pino tem recriado a história da cozinha clássica de Viareggio.  Localizado no coração da zona antiga da cidade, é um restaurante de ambiente clássico e elegante, onde, como a própria região assim o exige, se trabalha maioritariamente os produtos do mar, com ênfase nos mariscos.

Depois de um leve início com um brinde de Particolare Brut, da Tenuta Del Buonamico, um produtor da região de Lucca, começamos a refeição com um bom pão e uma excelente focaccia. Como Amuse-buche, foram servidos mexilhões e ligueirões, levemente gratinados e com excelente sabor.

Crudo, Dourada, lagostim, atum, camarão e salmonete
A qualidade dos ingredientes a brilhar, numa ligação e cocção muito leve pela vinagrete. Destaque máximo para o lagostim que nesta região tem um sabor e textura soberbos.

Choco, cogumelos Porcini (boletus)
Pratos de confeção simples, são uma imagem de marca do Pino, no entanto, as suas combinações são manipuladas com precisão. Com a loucura e qualidade dos Porcini ao longo de toda toscana, não podem faltar em nenhum restaurante durante a sua época, aqui finamente laminados em cru, sobre um choco ligeiramente grelhado. Sabores subtis e elegantes numa ótima combinação de terra e mar.

Linguado, puré de batata e butarga de atum
Um conjunto interessante, peixe no ponto, ligado com puré (seria mais como um creme de agradável textura) e a grandiosa butarga, que apesar do forte aroma e intensidade de sabor, deixa espaço para os restantes elementos se fazerem sentir.

Camarão, Cebola e nozes
O camarão era bom por si só, mas era isso mesmo, um simples e bom camarão. Aqui o destaque vai todo para a cebolada, ainda ligeiramente dura para se fazer sentir e um sabor levemente acidulado. Tanto o camarão como as nozes trazem o elemento textura e sabor, mas sim, a cebolada valia por si só.

Linguini, Lagostim, lulas e butarga
Com a massa bem al dente e todos os elementos bem cozinhados, criou-se um reconfortante prato de massa, que faz repensar todos os spaguettis com gambas que abundam por esse mundo fora. Pecou apenas no excesso de azeite.

Dourada, alcaparras e azeitonas
Uma forma habitual de cozinhar peixe na toscana, cozinhando-o num molho de azeite e vinho branco com alcaparras e azeitonas. A dourada estava húmida e untuosa. Simples mas muito bom.

Lagosta, legumes crus e molho especial do Pino
Confesso que enquanto português não me é fácil associar a degustação de uma lagosta com legumes crus, habituado que estou à forma como normalmente a comemos. No entanto, estranhou-se mas depois entranhou-se, a textura e os sabores dos vegetais contrastaram perfeitamente com a delicada lagosta cozida no ponto. De realçar o magistral “molho do Pino”, uma espécie de vinagrete muito bem balanceada que faz deste, o prato mais pedido da casa.

Sobremesas, tarte de figo, tarte de pêssego, fruta caramelizada com gelado de baunilha, tarte de frutos vermelhos
Boas sobremesas de cariz tradicional, com destaque para a fruta caramelizada, onde os figos mostraram a sua grandeza. Bom creme de pasteleiro a acompanhar a tarte de frutos vermelhos. De apontar apenas o excesso de massa na base das tartes.

Acompanhou-se a refeição com um La Fralluca Filemone 2012,  das castas Vermentino com 5% Viognier, uma vinho da região de Livorno, que não sendo excelente, realizou muito bem o seu papel. O serviço é correcto e eficaz mesmo com a casa lotada.

Considerações Finais
O Ristorante da Pino é um espaço familiar caracterizado pela sua original cozinha de peixe e marisco, influenciada pelos sabores da Sardenha e as tradições de Viareggio. É um espaço que nos propõe momentos de prazer e nos surpreende em algumas das suas magníficas combinações, mostrando que as bases e a tradição também evoluem. É sem dúvida um restaurante a visitar numa passagem pela região, seja numa festa em grupo ou  num romântico jantar a dois.

Da Pino
Via Matteotti 18 – cap. 55049 – Viareggio
0584 961356 | info@ristorantepino.it

This entry was posted in Restaurantes - Itália and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Skomentuj

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*