Gnocchi de batata com Pesto de tomate

Os Gnocchi sempre foram algo de misterioso para mim, desde a sua preparação à melhor forma de confeccionar, não sei se pela sua forma diferente ou pela batata, o certo é que me metiam algum medo, medo esse que felizmente se perdeu. Como em todos os pratos com base em Pasta, considero, à semelhança dos italianos, que a massa deve ser o elemento principal e o resto os complementos. Infelizmente e com a americanização da cozinha italiana isso perdeu-se um pouco, contudo existem sempre excelentes livros e restaurantes que nos trarão o bom da cozinha Italiana.

Originalmente os Gnocchi não eram preparados com batata mas sim como as restantes Pastas, a batata veio depois com a sua introdução na Europa e popularizou-se nos gnocchis na região de Lázio. Aqui optei por uma alteração no famoso molho Pesto substituindo o manjericão por tomate seco ao sol.

Gnocchi de batata com Pesto de tomate

Para 4 pessoas

Gnocchi
500 gr de batata farinhenta
140 gr de farinha
1 gema de ovo

Cozer as batatas com casca em água a ferver ou a vapor(não cozer demasiado).
Escorrer, descascar e esmagar bem a batata.
Juntar a gema e gradualmente adicionar a farinha mexendo bem.
Quando se obter uma massa solta, transferir para uma superfície enfarinhada e amassar levemente para formar uma massa leve que não se cole nas mãos.
Retire uma porção da massa e sobre a superfície enfarinhada forme um rolo comprido e corte pedaços de 2 cm de comprimento.
Repetir o processo para toda a massa.

Pesto de tomate

400 gr de tomate seco ao sol (escorrido caso use de conserva)
200 gr de Parmesão fresco ralado no momento
50 gr de pinhões levemente tostados
q.b. azeite

Num Robot de cozinha triturar os tomates cortados, o parmesão e os pinhões com um pouco de azeite.
Adicionar mais azeite enquanto tritura até obter a textura desejada.

Nota

Pode optar depois de cortar os gnocchi por passa-los por um garfo enfarinhado de forma a a fazer umas estrias que lhe permitirão fixar melhor o molho.
O Pesto de tomate conserva-se algumas semanas num frasco hermético no frigorífico.

Preparação

q.b. Manteiga
q.b. sal
água
q.b. pimenta preta.
10 folhas de manjericão
q.b. parmesão

Colocar os gnocchis em pequenas porções na água a ferver com sal.
O gnocchi está cozido quando todos estiverem à tona da água. cerca de 2 a 3 minutos.
Num Sauté colocar um pouco de manteiga, 1 colher de sopa de Pesto por pessoa e os gnocchi, saltear bem. (caso fique muito espesso, juntar um pouco da água de cozedura).
Temperar com sal e pimenta (atenção ao sal devido ao parmesão)
Servir com manjerição ligeiramente cortado e parmesão.

Esta entrada foi publicada em Massas/Arroz e com as tags , , , , , . Bookmark the link permanente. Publicar comentário ou deixar um trackback: URL de Trackback.

4 Comentários

  1. Publicado Julho 6, 2011 às 10:28 am | Link

    Gosto muito de gnocchi e também já os fiz cá por casa. Ficam maravilhosos numa falsa lasanha, com molho bolonhesa e queijo e levados ao forno. Ou ligeiramente fritos em azeite, depois de cozidos. Infelizmente, a cara metade não é muito fã da textura deles e os coitados acabam por cair no esquecimento.
    Mas vou anotar esta receita, a ver se o convenço! :)

    **
    mariana

    • Publicado Julho 6, 2011 às 8:39 pm | Link

      Olá Mariana,

      ELe não gosta pela textura mais mole? experimente com mais ovo e consequentemente mais farinha.. irá ficar mais próximo das texturas de massa tradicional.
      bjs

  2. Ana Catarino
    Publicado Julho 23, 2012 às 5:45 pm | Link

    Parece me muito bem , mas nao se pode fazer com tomates frescos?

    • Publicado Julho 24, 2012 às 9:32 am | Link

      Olá Ana,
      O problema de usar tomates frescos é a água natural do tomate que irá dar-lhe uma textura completamente diferente e claro o sabor também será.

      João

Publicar Comentário

O seu endereço de e-mail nunca será publicado ou partilhado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*

Pode usar as seguintes tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  • APOIOS