Robalo de fricassé com arroz thai e spaghetti de legumes

Num post sobre um prato de peixe não posso deixar de fazer referencia à apresentação do grande José Bento dos Santos (provavelmente o maior gastrónomo português e aquele que mais prazer me dá ouvir) no Ted’X (podem ver aqui) o peixe tem de facto uma enorme versatilidade , fazendo com que possa e deva ser cozinhado das mais inúmeras maneiras.

Robalo de fricassé com arroz thai e spaghetti de legumes

Para 2 pessoas

1 Robalo de 700/800 gr
6 camarões previamente cozidos
2 ovos
150 ml de caldo de peixe*
1 c.chá de amido de milho
sumo de 1/2 limão
1/4 de courgete
1/2 alho francês
1 cenoura
80 gr de arroz thai jasmin
1 dente de alho
q.b. coentros
q.b. pimenta preta
q.b. sal
q.b. flor de sal
q.b. azeite

Preparar os filetes de robalo (reservar espinhas e cabeça para o caldo), temperar com 1 dente de alho picado e um fio de azeite e reservar no frio durante 30 minutos.
Cortar os legumes em juliana fina e comprida.
Saltear os legumes com um fio de azeite, temperar com pimenta preta e sal.
Cozer o arroz em água temperada com sal.
Retirar os filetes do frio, limpar bem.
Num sauté anti-aderente colocar um fio de azeite e saltear o peixe temperado com flor de sal 1 minuto de cada lado.Reservar.
Com o caldo quente, temperar as gemas (juntar o caldo aos poucos e mexendo bem para que estas não talhem), juntar o amido de milho diluído num pouco de caldo.
Levar a lume muito baixo mexendo sempre para que engrosse um pouco, juntar o limão e os coentros picados.
Descascar os camarões.

Para servir:
Empratar o arroz com ajuda de uma forma, juntar os legumes com os filetes por cima.
Acompanhar com os camarões e regar tudo com o molho de fricassé.

*Caldo de Peixe
Cabeça e espinhas do peixe
1 cenoura
1/2 alho francês
1/2 cebola
ramo com várias ervas aromáticas

Colocar numa panela os restos do peixe, rodelas de cenoura, alho francês e cebola.
Encher com água fria e colocar o ramo de ervas.
Levar a lume brando e deixar ferver cerca de 30 minutos.
Com uma escumadeira retirar a espuma que se vai formando no topo.
Coar bem e reservar.
O caldo que não for utilizado pode ser congelado.

Nota
O fricassé deve ter um bom sabor a limão. Podem ser utilizados outros peixes, nomeadamente peixes de carne branca em posta (pescada, safio, corvina, entre outros).

Receita inspirada em Rui Paula

.

This entry was posted in Pratos de Peixe/Marisco and tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

5 Comments

  1. Posted Maio 11, 2011 at 5:22 pm | Permalink

    Olá João
    Um prato bem colorido e do meu agrado. Adorei!

  2. Posted Maio 12, 2011 at 8:23 am | Permalink

    Olá João,
    mas que blog sensacional !!! Os meus parabéns.
    As fotos são lindissimas e as receitas inusitadas. Muita classe!
    Vou levar o link comigo.
    Abraço,
    Rute

    • Posted Maio 12, 2011 at 12:19 pm | Permalink

      Rute,
      Muito obrigado pelas suas palavras. Espero de facto vê-la por cá muitas vezes.

      abraço,
      João

  3. Posted Maio 14, 2011 at 10:32 am | Permalink

    Ola joao
    Gostosa receita, optima sugestao!
    Parabens pelo blogue que eu nao conhecia.
    Excelente apresentacao, e receitas deliciosas.
    Defenitivamente a visitar outras vezes.
    Cumprimentos e bom fim de semana.

    • Posted Maio 17, 2011 at 5:36 pm | Permalink

      Olá Nanda,

      Muito obrigado pelo seu comentário. Espero que cada dia goste mais do blog =)

Napisz odpowiedź na Helena. Anuluj odpowiedź

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*