Vinum “III Jornadas do Boi de Trás-os-Montes”

Boi2015 - 9

Mais um ano e mais uma edição do “festival” gastronómico do  Vinum, o restaurante da Graham’s Port Lodge operado em parceria com o grupo basco Sagardi, que traz até aos seus clientes as “Jornadas do Boi de Trás-os-Montes”. Um evento que consiste na celebração (perdoem-me os vegans e vegetarianos mas acho que celebração é a palavra certa) e na apresentação de uma carne única, a carne de Boi velho (13 anos e mais de 1300 kg) que este ano conseguiram encontrar na fronteira entre o Minho e Trás-os-Montes, depois de uma longa e intensa tentativa de persuadir o Sr.  Armindo Soares (82 anos) a vender os animais que ao longo dos anos foi tratando como família.

Boi2015 - 7Um Costeletão que impõe respeito

A criteriosa escolha foi mais uma vez levada a cabo por Imanol Jaca, o mais reputado fornecedor de carnes da Península Ibérica e Inaki  Viñaspre, o timoneiro do grupo Sagardi.

Boi2015 - 8 Inaki  Viñaspre

Depois de uma recepção com Porto tónico e uma simpática salada de bacalhau em jeito de finger food, lá se partiu para as mesas onde mais uma vez já brilhava o  fantástico pão do Vinum (que continua invicto enquanto melhor pão da cidade)  e o azeite da Quinta do Ataíde. Seguiu-se o único branco produzido pelo grupo, o jovem e descomplicado Altano Branco 2014.

Boi2015 - 6Alheira, tosta e pimentos 
Para começar o menu destas jornadas, um dos ícones da gastronomia transmontana, a alheira, sem grandes preparos como manda a tradição, simplesmente bem grelhada sobre uma tosta de pão e uns pimentos a abrilhantar o sabor.

 Boi2015 - 5Bacalhau, Feijão branco e Amêijoa 
Uma apadalada e saborosa sopa de feijão branco com amêijoa e bacalhau de meia cura. Cocções no ponto, com uma delicada e interessante conjugação entre o sabor a mar e o gosto mais terreo do feijão. Um belo início!

A acompanhar esteve um não menos interessante Pombal do Vesúvio 2011.

Boi2015 - 1

Boi2015 - 2Enquanto isso, na cozinha…

Boi2015 - 3Costeletão de Boi, pimentos de piquillo assados
E eis que surge o rei da festa, o motivo por todos estarmos reunidos no Vinum, o costeletão de Boi. Carne estupidamente deliciosa, sem segredos na sua preparação, sal e um afinado domínio da grelha. Sabor delicado e macio, com uma gordura ( sim senhores nutricionistas, dietistas, vegans e afins) de chorar por mais. Este ano e provavelmente devido ao porte, idade e também qualidade do animal os sabores lácteos e herbáceos que os Bascos tanto prezam na maturação da carne foi ainda mais visível que nas edições anteriores. Sem dúvida foi a melhor carne que já surgiu nestas jornadas. Tanto que no final e com o restado mesa meio envergonhada lá tive de me agarrar ao osso e aproveitar ao máximo tudo aquilo que este belo animal nos proporcionou. Nota alta para o acompanhamento que já se vem tornando uma tradição, uns verdadeiros pimentos de piquillo assados, cuja doçura equilibrava na perfeição com a carne.

No copo a companhia também não poderia ser melhor, com um excelente e elegante Quinta do Vesúvio 2012, a mostrar que ano apôs ano os vinhos DOC do Vesúvio se começam a mostrar como um dos grandes vinhos do Douro.

Seguiram-se os queijos nacionais, com Queijo da serra e alguns queijos curados e de meia cura, mas o destaque vai para o Stilton de qualidade rara e impossível de encontrar. Como companhia não poderia faltar o Porto, com um Vintage da Graham’s, desta feita de 1977, um dos anos históricos da casa que se apresentou em grande forma, com um nariz sedutor e uma boca que nos enchia as medidas – um vinho que ainda tem muito para oferecer.

Na sobremesa foi a vez de um bolo de chocolate com uma Mousse de Chocolate e Café acompanhado de gelado de Baunilha.  Um final simples e bem preparado, do qual dispensava a adição de café.

Entre conversas lá se foi finalizando o Porto enquanto se desejava que no próximo ano o Sr. Armindo Soares aceitasse vender mais uma parelha dos seus tão estimados animais!

Se ficaram curiosos e querem provar esta carne saibam que o menu (93€ sem vinhos) está a terminar pelo que o melhor é apressarem-se!

Restaurante Vinum 
Rua do Agro nº 141 (Graham’s Port Lodge), Gaia
+351 220 930 417

 English Version

 Fotos: Flavors & Senses 

Nota
– Estivemos na apresentação das III Jornadas do Boi de Trás-Os-Montes a convite da Symington, sendo que isso em nada altera o nosso trabalho cuja opinião e o texto são da exclusiva responsabilidade do seu autor.

This entry was posted in Eventos and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

2 Comments

  1. Posted Dezembro 7, 2015 at 1:19 pm | Permalink

    Maravilhoso como sempre João! que delícia!

One Trackback

Napisz odpowiedź na Rita Branco. Anuluj odpowiedź

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*