Istambul – Tuğra Restaurant – Çırağan Palace

 tugra - 20

Mandado construir em 1836 pelo sultão Abdülâziz, o Çırağan Palace localiza-se na margem Europeia do Bósforo, sendo um dos últimos representantes de uma época em que cada sultão Otomano mandava edificar o seu palácio em vez de utilizar o do seu antecessor. Serviu ainda como sede do Parlamento Turco, até que em 1910 um grande incêndio o deixou em ruínas. Dada a sua proximidade ao Bairro de Besiktas, os seus jardins serviram durante anos como estádio do famoso clube de futebol, até que em 1989 um consórcio Japonês adquiriu o palácio, restaurando-o na sua forma original e adicionando um luxuoso hotel ao seu complexo, hoje gerido pelo grupo Kempinski.

tugra - 31

O palácio é de um charme estonteante, desde os luxuosos detalhes no interior, à lindíssima e charmosa vista sobre o bósforo. Mas, é sobre o seu restaurante que vos quero falar hoje, o Tuğra. Localizado bem no interior do palácio, numas salas amplas e esplendorosas com vista sobre o rio, criando certamente o ambiente mais romântico da cidade. A cozinha promete uma inspiração Otomana, nas cozinhas dos seus antigos palácios com um ou outro toque de fine Haute cuisine francesa.

tugra - 8

Já instalados numa mesa enorme e com todos os detalhes e conforto, somos brindados com um copo de champanhe (o inevitável rei do marketing Moët & Chandon) e os interessantes Sherbets turcos, de frutas e flores bem gelados.

Segue-se o pão de excelente qualidade (uma constante no país), manteiga e um trio de queijos gratinados e um molho de tomate, num excelente início.

tugra - 21Amuse Bouche – Folha de videira recheada com arroz

 tugra - 15Tuğra Meze
Optamos por começar a refeição (penso que à semelhança de todas as mesas) por uma seleção de Meze (aperitivos turcos). Da escolha havia um pouco de tudo, hummus, melão com queijo e água de rosa, beringela assada com romã, camarão com molho de ameixa, folha de videira recheada com cebola, kofte de lentilhas, curd de queijo com ervas, tomate e pinhões, pasta de frango com noz e uma espécie de aspic de favas. Sem serem arrebatadores, todos eles estavam muito bem preparados, com destaque para o hummus, a pasta de frango e o kofte.

tugra - 16Seleção de aperitivos quentes
Calamares com boa fritura e um interessante molho tártaro com nozes. Paçanga Börek, uma esécie de folhado de massa filo com Pastırma (Pastrami turco), queijo, tomate e pimento, sabores fortes numa ótima entrada. Ainda um ótimo Sac Oruğu, um Pastel de bulgur recheado com carne picada, nozes e temperado com sumac. Provou-se ainda um excelente camarão assado com queijo kaşkaval, tomate e pimento doce e uma massa (Piruhi), recheada com carne num molho de iogurte e tomate com manteiga. Todas as especialidades turcas estavam ótimas e mais interessantes que os meze frios.

tugra - 26Pregado do mar negro, legumes, panqueca de batata, brioche, salicórnia e molho de mastic e gengibre
Um prato em que se nota a influência da Haute cuisine, com os legumes preparados irrepreensivelmente, em jeito de terrina e com a cocção certíssima. Peixe de excelente qualidade, muito bem preparado (nota  de excelência para a mestria do chef de sala a retirar a pele do pregado). O molho serviu plenamente as suas funções de unir todos os elementos e de dar uma nova dimensão ao prato.

A acompanhar, um Premium Chardonnay de 2012 de Sevilen, um dos principais vinhos da casta feitos na Turquia, com nariz modesto, com leves aromas a fruta e madeira, mas mais intenso na boca, com fruta tropical e um excelente uso da madeira. Ótima combinação.

 tugra - 27künefe
Os turcos são famosos pelas suas sobremesas e este tradicional künefe (massa tipo cabelos de anjo, recheada com queijo, assada e mergulhada em xarope) servido quente, deixou memórias. Excelente combinação de texturas e bom balanço de doçura, num doce fantástico cuja origem remonta ao séc. XI. Delicioso.

 tugra - 10Halvah de canela
Puré de sésamo com melaço, nozes, pinhões, manteiga e canela com gelado de leite. Uma sobremesa forte, com sabores intensos e de textura densa, contrabalançada pela leveza do gelado. Muito bom.

A acompanhar um vinho doce da Turquia, Safir 2012 de Doluca.

tugra - 11Os Famosos Turkish Delights a funcionar como mignardises para o final de uma longa refeição

O serviço de sala é exímio, da atenção ao cliente  à técnica clássica de empratamento na mesa. Irrepreensível.

tugra - 12Quinta do Vesúvio 2009

A acompanhar-nos nesta experiência, o vinho foi o Quinta do Vesúvio 2009, que na impossibilidade de ser harmonizado com pratos provados, serviu para boas conversas e brindes na bonita e bem apetrechada cave do restaurante, com a equipa do restaurante a render-se a este grande vinho.

tugra - 29           tugra - 1           tugra - 17

Considerações Finais
O Çırağan Palace é sem dúvida um dos mais icónicos hotéis de Istambul, e o seu restaurante Tuğra representa muito bem o que é jantar num palácio, criando uma das atmosferas mais românticas em que já tive oportunidade de jantar. Da cozinha saem pratos com inspiração palaciana, mas a meu ver muito mais modernizados e com toques de  cozinha francesa. Faltou provar um dos icónicos pratos da casa, “Testi”, um estufado de cordeiro, preparado num jarro de barro, que é quebrado na mesa antes de servir (todo o espetáculo de ver o prato ser servido aguçou-me o interesse). Na Sala como já havia dito, tudo funciona harmoniosamente, e foi certamente um dos melhores serviços que experienciamos na cidade. Caso fiquem ou não hospedados no hotel quando visitarem Istambul, o Tuğra é uma aposta certeira, para um jantar longo e romântico com o Bósforo como pano de fundo. No Verão aposte num jantar na varanda.

tugra - 30

Tuğra Restaurant – Çırağan Palace
Ciragan Caddesi 32, Istanbul
+90 212 236 7333
diningreservations.ciraganpalace@kempinski.com

Quinta do Vesúvio 2009 com o apoio da Symington Family

Fotos: Flavors & Sences e Çırağan Palace Kempinski

This entry was posted in Restaurantes - Turquia and tagged , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Skomentuj

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*