Quinta do Vallado – Wine Hotel

Vallado - 15 Casa Antiga

Imaginem-se numa das regiões mais idílicas do mundo, o Douro, e numa das casas da mais lendária figura da região… essa imagem vai remeter-vos, certamente, para a Quinta do Vallado!

Construída em 1716, esta quinta, pertencente à mítica Dona Antónia Adelaide Ferreira, é uma das mais antigas do Vale do Douro, mantendo-se, até hoje, nas mãos dos seus descendentes.

Vallado - 17A Ala Nova do Wine Hotel

E para mim, uma viagem ao Douro é sempre um enorme pretexto para ser feliz, por isso, lá rumamos ao Peso da Régua, junto às margens do Rio Corgo, para conhecer o Wine Hotel da Quinta do Vallado.

Vallado - 9O Antigo Portão da Quinta

Durante cerca de dois séculos, a Quinta do Vallado tinha como foco principal a produção de vinhos do Porto, comercializados posteriormente pela Casa Ferreira (que também pertencia à Família), mas já na década de 90 e com a visão dos seus descendentes, a empresa alargou a sua atividade à produção, engarrafamento e comercialização de vinhos com marca própria.

Vallado - 14

Com toda esta evolução dos vinhos Douro DOC, dos anos 90 até aos dias de hoje, a Quinta do Vallado apostou, também, no Enoturismo e mais recentemente na hotelaria, com a abertura, em 2005, de um Wine Hotel. Há experiências, que efetivamente, não se podem negar ao mundo, e por isso estas portas, diretamente para o paraíso, não poderiam ficar fechadas para nós, comuns mortais!

Vallado - 23m

Primeira Impressão:
Já estamos habituados (felizmente) às primeiras impressões de hotéis “plantados” no meio de vinhas e socalcos, mas este deslumbra pela sua combinação (perfeita) de história e inovação.

Mal o avistamos ao longe, conseguimos identificar dois pontos distintos, uma casa em tons quentes, alaranjados, de porte antigo, e um edifício moderno em xisto que se enquadra, harmoniozamente, na restante paisagem verdejante. Basicamente, tudo auspiciava uma estadia memorável!

Vallado - 30

Demos por nós hipnotizados a tentar perceber a qual dos edifícios nos deveríamos dirigir ou onde iriamos ter o prazer de ficar, se à esquerda, o edifício histórico de 1733 (Casa Antiga), recentemente recuperado, ou se à direita, no edifício novo (Ala Nova) todo construído em xisto, e concluído em 2012 pelo Arq. Francisco Vieira de Campos.

Vallado - 19

Dirigimo-nos ao edifício novo, cuja receção nos presenteou a vista com um cesto maravilhoso de fruta e legumes da época produzidos na Quinta.

Fomos muito bem recebidos por uma simpática e jovem funcionária que rapidamente fez o check-in e nos guiou ao longo do hotel até ao nosso quarto.

A decoração, essa, arrebatou o meu coração, uma combinação de rústico e elegante, num contexto de design moderno e contemporâneo mas com apontamentos bucólicos.

Vallado - 21

Vallado - 28

Quartos:
Estes distribuem-se pelo edifício antigo e pelo novo, 5 no primeiro e 8 no segundo. São de três tipos, suite, superior e standard que diferem muito pouco entre si além do tamanho do quarto ou da varanda.

Vallado - 35

Ficamos num standard de nome “Currais” que mantinha os mesmos pormenores do restante hotel, o xisto sempre presente, e a elegância a fazer as honras!

Vallado - 36

A cama e as almofadas garantiram uma noite recheada de conforto, a varanda encarregou-se de me deslumbrar com a sua vista e o quarto de banho, esse, foi a minha perdição, primeiro porque era todo em xisto, o que lhe garantia um ambiente extremamente sóbrio, segundo porque tinha uma banheira com um design bem mais interessante do que as habituais (era quadrada e não oval – e proporcionou-me o momento mais relaxante do fim de semana!) e terceiro porque os produtos de higiene eram de uma das minhas marcas favoritas, a CastelBel do Porto.

   Vallado - 31       Vallado - 32       Vallado - 24

Para garantir que nada era deixado ao acaso fomos também presenteados com fruta da época, umas maravilhosas uvas, e uma garrafa de vinho.

Definitivamente, eles sabem como receber!

Vallado - 33

Vallado - 27Restaurante

Restaurantes:
O hotel possui uma agradável sala de estar com bar onde podemos degustar os fantásticos vinhos da quinta, e uma zona com café, chá e fruta da época, e ainda, uma sala de jantar com imensa luz, dada as suas enormes janelas/portas para o pátio, e cuja vista arrebata o ambiente e lhe proporciona um misto de serenidade e paz. A lareira suspensa dá-lhe um charme inigualável e certamente aquece a alma nos meses de mais frio.

Vallado - 20Bar

Aqui são servidos o pequeno-almoço e o jantar. Só tivemos oportunidade de experimentar o primeiro, com pães deliciosos, excelentes frutas da época, doces com óptimo aspecto (que não provamos, pois andamos numa de “sugar free”!), e com a opção de diferentes pedidos, que no nosso caso se traduziram em omelete e ovos mexidos com bacon (não vivo sem ele!), pena que os portugueses ainda não tenham aceite como verdade universal a forma dos franceses preparem os ovos, ou seja, mal passados, suaves, macios, e cheios de manteiga (sim, eu disse Sugar free, não disse Fat free!), mas pronto, é mal comum em quase todo o lado.

   Vallado - 41       Vallado - 42       Vallado - 26
Quanto ao jantar, não tivemos oportunidade de experimentar, mas este muda diariamente, e está disponível apenas por reserva, estando já a harmonização com vinhos da quinta, incluída no preço.

Vallado - 25

Vallado - 4Biblioteca

Serviços:
Um dos locais do hotel que mais me fascinou foi a sua biblioteca, uma sala onde podemos abstrair-nos do mundo lá fora enquanto somos transportados para momentos estimulantes de cultura e ócio.

Vallado - 11

A piscina é outro dos locais que dispensa apresentações, apesar de não ter aquela imagem desejada por todos, de infinity pool com o douro como pano de fundo, serve bem as suas expectativas como local de relaxamento. Infelizmente não pudemos usufruir dela, uma vez que estivemos no hotel aquando da Feira do Douro (ver), organizada pelos DouroBoys, que se realizou neste mesmo complexo, mas o que enaltece realmente esta zona do hotel, é o percurso que tem que se percorrer até chegar lá, por entre árvores de fruto, hortas dos mais variados legumes e vinhas.

Vallado - 13
Sendo um Wine Hotel é óbvio que grande parte das atividades estão diretamente ligadas ao vinho e à gastronomia, por isso aqui temos a oportunidade de visitar a adega e as caves, realizar imensas provas de vinho (eu disse-vos que era um paraíso), participar em show cooking e ainda adquirir os nossos vinho preferidos na loja de vinhos.

   Vallado - 10       Vallado - 18       Vallado - 37
Mas, nem só de comida e vinho se faz a vida (quase), por isso, o hotel garante um conjunto de passeios para todos os gostos, desde bicicleta, barco, canoa e jipe. Para quem quiser um momento de maior introspeção pode sempre optar pela pesca. E para um momento a dois, o hotel também organiza piqueniques, quer no rio, que no alto das vinhas.

Vallado - 22
Tudo pensado para todos os gostos!

Vallado - 2m

Atendimento:
Acho que praticamente nada é deixado ao acaso nesta histórica casa, a equipa é simpática e organizada e existe uma atenção dada aos pequenos (grandes) pormenores, o que nem sempre se verifica nos hotéis em geral, como foi o caso das boas-vindas que nos esperavam no quarto e a boa energia com que somos recebidos à chegada.

Vallado - 8

Que mais se poderia pedir numa estadia, o design perfeito, a comunhão constante com a natureza, os grandes vinhos da Quinta do Vallado e a beleza impar da região do Douro.

   Vallado - 5      Vallado - 7       Vallado - 39
Mais do que isto, só mesmo saber que a Quinta do Vallado dá continuidade à preocupação da Ferreirinha com o seu povo e por isso assume a responsabilidade social de ajudar instituições necessitadas, como é o caso da Associação Via Nova que dá acolhimento a crianças abandonadas.

Vallado - 38m

Se procuram um refúgio mágico onde o vinho e a natureza são os reis, a Quinta do Vallado é a escolha perfeita!

Quinta do Vallado – Wine Hotel
Quartos a partir de 110€
Vilarinho dos Freires, Peso da Régua – Portugal
+351 254 318 081
reservas@quintadovallado.com

 English Version

 Fotos: Flavors & Senses

Nota
Estivemos no Wine Hotel da Quinta do Vallado a convite, sendo que isso em nada altera o nosso trabalho cuja opinião e o texto são da exclusiva responsabilidade do seu autor.

This entry was posted in Hotéis and tagged , , , , , , , , , . Bookmark the permalink. Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

One Comment

  1. Posted Outubro 2, 2015 at 8:27 am | Permalink

    Excelente descrição. parabéns! Ir ao Douro é mesmo um bom motivo para ser feliz 🙂

One Trackback

  • […] A Quinta do Vallado é o local ideal para um casal de enófilos, com vontade de desfrutar de um bom momento a dois na companhia de excelentes vinhos. Aqui é possível dormir praticamente nas vinhas, e aprender todo o processo de produção do vinho com as visitas e provas guiadas. Os quartos, esses são uma fantástica fusão entre o clássico e o contemporâneo numa bonita obra de respeito pela arquitetura tradicional do Douro. Um destino que promete encantar quem o visita. (ver artigo Flavors & Senses) […]

Napisz odpowiedź na Rita Branco. Anuluj odpowiedź

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*
*